Rua Gama Rosa    216    Centro    Vitória-ES
27 3421-2400

Entidades nacionais e internacionais prestigiam abertura do Congresso Estadual

Seta
12/12/2019
Por


O 35º Congresso Estadual do SINDIUPES ocorreu nos dias 12 e 13 de dezembro, no Centro de Convenções de Vitória, com o tema Paulo Freire: Educação, Democracia e Resistência, registrando a participação de cerca de 4 mil trabalhadores/as em educação pública no Espírito Santo.

O evento contou com o apoio e a presença de representantes de entidades nacionais e internacionais que lutam em defesa dos/as trabalhadores/as e de uma Educação Pública de Qualidade.

Representaram o SINDIUPES na mesa de abertura os/as diretores/as Noêmia Simonassi (Secretária de Administrativo e Financeiro), Dorzilia Vaz (Secretária de Organização), Carlos Duarte (Secretário de Política Sindical), Ildebrando Paranhos (Secretário de Comunicação) e Júlio César Alves (Secretário de Formação).

A abertura contou também com as presenças da Secretária de Cultura da CUT/ES Elci Lobão, a economista Sandra Bortolon do DIEESE, a Secretária de Formação da CNTE Marta Vanelli e representando o Fórum Nacional pela Erradicação do Trabalho Infantil, Ana Cristina Fonseca, e a CTB Nacional, Berenice Jacinto.

A Internacional da Educação-IE foi representada  por Roberto Franklin Leão, atual Secretário de Relações Internacionais da CNTE.

A abertura foi precedida por uma apresentação do grupo Brasil Tambores, do município de Santa Leopoldina, sob a regência do maestro Melão Sílvio, que animou o público com cerca de 4 mil trabalhadores/as em educação pública no Espírito Santo.

Resistência
Os/as dirigentes e lideranças sociais presentes ao evento reafirmaram a importância da resistência dos/as trabalhadores/as em educação na conjuntura política atual, marcada por  intensos ataques aos direitos da classe trabalhadora e ameaças à Educação Pública e à Democracia.

Celebraram a memória e o pensamento Paulo Freire e defenderam a sua obra, baseada no diálogo, na esperança, na solidariedade e na consciência crítica, como instrumentos fundamentais para garantir uma Educação Pública de Qualidade e para o restabelecimento da democracia.

A partir do tema central Paulo Freire: Educação, Democracia e Resistência, mestres e doutores renomados abordaram temas e desafios atuais da categoria por meio de palestras, rodas de conversa e debates, entre eles Educação Especial, Fake News, Igualdade de Gênero, Racismo, Resistência aos Retrocessos Sociais e Saúde do/a Trabalhador/a.

 

Compartilhe com um amigo(a)








Enviar
Categoria(s): Geral

Ultimas Notícias

Avisos

Sindiupes

Sindiupes