Rua Gama Rosa    216    Centro    Vitória-ES
27 3421-2400

Greve e Ato Público mobilizarão trabalhadores/as da Educação, dia 15/05

Seta
03/05/2019
Por Comunicação Sindiupes

Contra a Reforma da Previdência e o descaso com a Educação, professores/as e funcionários/as de escolas públicas, em todo o país, paralisam suas atividades no 15 de maio.
No Espírito Santo, já aprovaram adesão ao movimento as redes municipais de Anchieta, Cariacica, Fundão, Guarapari, Ibiraçu, Piúma, Santa Leopoldina, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha, Vitória. 

 

Vivemos um momento de constantes ataques aos/as trabalhadores/as em educação e descaso com a Educação Pública no Brasil: Lei da Mordaça, privatização da escola e da universidade pública, desvinculação de recursos para a educação, militarização das escolas, implantação de conteúdos mínimos no currículo, cortes nos investimentos para educação básica e superior e extinção de direitos.

São inúmeras medidas que estão sendo tomadas pelo governo Bolsonaro e seus aliados que desvalorizam os profissionais, afetam a qualidade do sistema educacional e representam um ataque à democracia.

Para enfrentar todos esses retrocessos e protestar contra a Reforma da Previdência -PEC 06/2019, a CNTE-Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação e suas entidades filiadas – entre elas o SINDIUPES – convocaram para o dia 15 de maio a Greve Nacional da Educação.

Mobilização
Em todas as regiões do Espírito Santo, professores/as e funcionários/as de escolas estão se organizando com o apoio do SINDIUPES em preparação à Greve da Educação.

Com grande participação da categoria, as assembleias convocadas pelo Sindicato estão deliberando pela adesão ao movimento.

Já aprovaram paralisação no dia 15/05, os/as trabalhadores/as das Redes Municipais de Anchieta, Cariacica, Fundão, Guarapari, Ibiraçu, Piúma, Santa Leopoldina, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha, Vitória de Cariacica, Guarapari e Serra.

Ato
No dia 15/05, o SINDIUPES realizará um Ato Público, a partir de 8h30, na Praça do Papa, em Vitória, com a presença dos/as trabalhadores/as e o apoio de diversas entidades sindicais e sociais.

Será um momento para protestar e denunciar os prejuízos que a reforma da Previdência vai provocar na categoria e os descasos com a educação pública nos âmbitos local e nacional.

Além dos/as trabalhadores/as em educação da rede pública, o movimento contará também com a adesão de profissionais da rede particular, estudantes dos Ensinos Médio e Superior e o apoio de entidades sindicais representantes de diversas categorias.

A participação da categoria é fundamental para reafirmamos as nossas reivindicações e construirmos um grande movimento rumo à Greve Geral dos Trabalhadores, convocada para o dia 14 de junho por todas as centrais sindicais.

A Greve da Educação no dia 15/05 tem o apoio da seguintes entidades no Espírito Santo:

  • CUT-Centra Única dos Trabalhadores
  • CTB-Central dos Trabalhadores do Brasil
  • Contee-Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimento de Ensino
  • Sinpro-Sindicato dos Professores no Espírito Santo (rede privada)
  • Sindipetro-Sindicato dos Petroleiros do Espírito Santo
  • UBES-União Brasileira de Estudantes Secundaristas
  • UNE-União Nacional dos Estudantes.
Compartilhe com um amigo(a)








Enviar
Categoria(s): Geral

Ultimas Notícias

Avisos

Sindiupes

Sindiupes